Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Em virtude do feriado de sexta-feira, a segunda etapa da série musical Concertos Didáticos será realizada na próxima quinta-feira, 6 de setembro, no auditório da Escola de Contas do TCM, com a apresentação da música caipira e de raiz. 


Entre 12h30 e 13h30, teremos a presença do talentoso grupo feminino Trio Maria Fumaça, e, das 14h30 às 16h30, um pouco da genialidade musical do Dr. Ivan Vilela, professor da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP).

Cpia de Trio Maria Fumaa foto 1


O Trio Maria Fumaça surgiu no início de 2014, formado por graduandas do curso de música da USP. O objetivo principal do trio é apresentar sob os olhares femininos um repertório que envolve a música caipira, seu universo cancioneiro e instrumental, mesclando diferentes composições e épocas de sua história, inclusive com músicas autorais do seu primeiro álbum No Caminho de Goyases onde explora a questão da saudade e da memória nas músicas do repertório.

Na formação do grupo estão a Alice Oliveira (voz, harpa paraguaia, eufônio e percussão), Priscila Ribeiro (voz, viola caipira e clarinete) e Sarah Alencar (voz, violão e flauta transversal).

ivan vilelaCrédito da foto: Isabel Vilela

O professor Ivan Vilela, compositor, arranjador, pesquisador, violeiro e diretor da Orquestra Filarmônica de Violas, apresenta alguns dos temas do livro Cantando a própria história, em que ele debate a viola e a música caipira como registro vivo e imaterial da cultura popular brasileira, da história dos processos migratórios e meio fundamental de afirmação da nossa identidade nacional.

O músico Ivan Vilela ganhou o primeiro violão aos 11 anos de idade, presenteado por seu pai. Iniciou a carreira artística aos 18 anos, integrando o Grupo Pedra e depois o Grupo Água Doce, que realizavam pesquisas sobre as raízes da música mineira. Em 1989, mudou-se para Campinas e em 1995 assumiu a viola caipira como instrumento solo. Desde 1996, realiza apresentações no exterior – Espanha, França, Inglaterra, Itália e Potugal. Trabalha há mais de 20 anos com pesquisa de cultura popular. Cursou a faculdade de História antes de ingressar no curso de Composição Musical da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde concluiu o bacharelado e mestrado em Composição Musical. Obteve, ainda, o doutorado em Psicologia Social pela USP, com a tese “Uma história social da música caipira”.

Na sequência da série Concertos Didáticos teremos outras cinco apresentações, que se estenderão até o mês de novembro, sempre com entrada franca. O objetivo principal das apresentações é estimular o contato da população e dos servidores com a música instrumental brasileira.

Clique aqui e assista ao vídeo de divulgação deste segundo evento.

Confira a programação completa. 

Folder A4 Final erica

 


Adicionar comentário

Código de segurança

Atualizar

Facebook


Twitter

 

Youtube