Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

*Mariana Uyeda Ogawa

No século XIX a extensão territorial brasileira era vasta e inexplorada. Nessa época o Brasil era essencialmente rural e, após a cultura da cana-de-açúcar, predominava a cultura cafeeira, principalmente na região sudeste. A mão de obra, até então, era composta por escravos negros. A partir de 1888 (Lei Áurea), os escravos foram libertados e houve a premente necessidade de obter mão de obra estrangeira.


Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

*Danilo André Fuster

A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 estabelece que o Estado faça a classificação indicativa dos filmes, programas televisivos e radiofônicos. Contudo, a classificação é adotada somente pela televisão e cinema, sendo que a publicidade é livremente veiculada sem qualquer regulamentação por parte do Estado. Apesar de haver reclamações nesse sentido no Ministério da Justiça, até então, nada foi feito. O responsável pela análise dos conteúdos das mensagens tendo como fim atender aos padrões éticos sociais é uma organização não-governamental, o Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária (Conar), o qual pode suspender a transmissão de publicidades que atentem contra a moral e ética públicas.


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

*Danilo André Fuster

Referências externas

Nos Estados Unidos, a classificação por faixas etárias no que tange aos filmes é elaborada por uma entidade privada, qual seja, a Motion Picture Association of América (MPAA). Contudo, o que temos é uma autoclassificação, já que ela mesma delimita os critérios classificatórios. A referida classificação trata-se de uma indicação em detrimento de uma imposição. Saliente-se que, se o conteúdo dos filmes exibidos forem considerados incompatíveis com a faixa etária atribuída ao mesmo, o governo norte-americano poderá processar os responsáveis pelo filme.


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

*Danilo André Fuster

Teoricamente, segundo Oliveira, Formação Econômica do Brasil é uma leitura Keynesiana da história brasileira. O forte do livro é a explicação que apresenta da transição da economia exportadora de café para a economia industrial que emerge a partir da Segunda Guerra (OLIVEIRA, 1981: 13).


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

*Danilo André Fuster

Celso Furtado nasceu no sertão do estado da Paraíba, em 1920. Participou da Segunda Guerra Mundial, atuou no serviço público do estado do Rio de Janeiro e em 1948 entra na CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina). Também foi nomeado diretor regional do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e no grupo de trabalho de Desenvolvimento do Nordeste, que dará futuro a SUDENE (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste). O golpe militar cassa seus direitos políticos e ele se exila em Paris, onde leciona na Universidade de Sorbonne. Ao regressar ao Brasil assume o Cargo de Ministro da Cultura (governo José Sarney) e, em 1997, é nomeado membro da Academia Brasileira de Letras.


Página 10 de 38

Facebook


Twitter

 

Youtube